Os tipos de vidro para Janelas

  • 0
  • 24 agosto, 2017

O vidro tem sido cada vez mais utilizado em janelas e devido à grande procura é possível encontrar diversos tipos de vidro para janelas no mercado e com diferentes funções.

Atualmente, o vidro é visto como um material que oferece ao ambiente em que será instalado mais iluminação, controle acústico, sofisticação (estética) e versatilidade.

Claro que tudo irá depender do objetivo principal que você terá para o seu ambiente.

tipos de vidro para janelasAlém da utilização convencional como para box de banheiro, por exemplo. Ele pode ser utilizado como parte da estrutura da casa, segmentando cada ambiente ou apenas servindo como objeto decorativo.

Vale ressaltar que a grande aposta de arquitetos é o tipo de vidro que possui controle solar, pois é adaptado para diferentes condições climáticas e diferentes tipos de luz e calor.

O que acaba contribuindo para a eficiência energética que é um dos grandes benefícios do material.

Nesse post, iremos mostrar quais são os tipos de vidro para janelas mais utilizados nos grandes projetos de arquitetura e as vantagens e desvantagens que o material oferece para o consumidor.

Vamos lá?!

Tipos de Vidro para Janelas

Vidro Float

vidro comum

O vidro float também conhecido como o vidro comum, aquele que já estamos acostumados.
Ele é feito de mistura sílica (areia), potássio, alumina, sódio, magnésio e cálcio.

Trata-se da composição mais básica do vidro, sem tratamentos específicos.

Quando a composição líquida do vidro seca, ela fica lisa e por isso, raramente é encontrado defeitos.

Ele pode ser transparente (incolor), esverdeado e fumê.

Esse vidro é bastante utilizado em janelas tradicionais e sua vantagem é que acaba sendo o mais barato para o consumidor.

Já que todos os outros tipos de vidro para janelas são compostos à partir desse modelo.

A desvantagem é que eles não garantem a segurança ao ser quebrado, por isso pode não ser a melhor opção para se usar em janelas.

Vidro Laminado
vidro laminado

O vidro laminado é formado por duas camadas de vidro com uma película ultra-fina entre elas.

Costuma ser feita de resina ou de PVB, pois quando o vidro quebra, os cacos ficam presos na película e assim, evita acidentes.

A laminação da película também oferece controle acústico, o que pode ser uma ótima vantagem para quem deseja ter um pouco mais de privacidade no ambiente.

Além disso, o vidro laminado possui proteção contra luz UV, trazendo ainda mais segurança para o consumidor.

Outra vantagem encontrada nesse tipo de vidro é a parte estética, pois possui diversas cores, o que pode contar mais um ponto para quem também pretende deixar o ambiente mais colorido.

Por isso, tem sido um dos tipos de vidro mais utilizados para áreas externas como janelas, sacadas e varandas.

Vidro Temperado

vidro temperado

Se você deseja ter um vidro resistente, você pode escolher o vidro temperado, sem pensar duas vezes.

O vidro temperado é um dos mais utilizados tipos de vidro para janelas, pois é 5x mais forte do que o vidro comum.

Quando o vidro se quebra, forma-se pequenos pedaços em grânulos, reduzindo a chance de danos corporais ou materiais.

O tratamento do vidro temperado é feito termicamente e uma vez feito, não poderá ser modificado.

Para esse tipo de vidro pode ser feito diversos cortes ou detalhes, mas deve ser feito antes da têmpera.

Vidro Impresso

vidro impressoO vidro impresso também é conhecido no Brasil como “vidro fantasia”, permite a passagem de luz.

Porém, é um tipo de vidro que proporciona visibilidade distorcida, uma vantagem para aqueles que querem um ambiente com privacidade.

Ele pode ter o acabamento brilhante, fosco, esmaltado ou texturizado.

Dependendo da textura que o vidro ganha, ele recebe nomes diferentes como mini-boreal, canelado, estriado e outros.

Trata-se de um vidro translúcido, ou seja, pode ou não ter o acabamento em ambos lados.

Outra vantagem desse tipo de vidro é que também pode ser utilizado para compor a decoração do ambiente.

É bastante utilizado em escritórios, clínicas e locais que necessitam de um isolamento maior.

A desvantagem é que ele tem tendência a ser um pouco mais caro do que os demais vidros existentes no mercado.

Vidro Aramado

vidro aramadoO vidro aramado é muito semelhante ao vidro impresso translúcido.

Ele é composto por uma espécie de “mosaico” metálico que trata de segurar o vidro quando quebra.

Além disso, o grande diferencial do vidro aramado é que possui altos índices de resistência ao fogo, o que é uma ótima vantagem para a segurança do consumidor.

É também bastante utilizado em saídas de emergência por ser considerado um dos vidros mais resistentes no mercado.

Vale ressaltar que o mosaico dentro da estrutura do vidro também possui efeito decorativo, podendo ser uma boa opção para complementar om o ambiente.

Vidro Insulado

vidro insuladoVidro insulado é o mais adequado para aqueles que desejam mais luz natural no ambiente.

Esse tipo de vidro oferece a penetração da luz, mas bloqueia o calor excessivo, evitando luz UV.

Além disso, tem a capacidade de proporcionar controle acústico, trazendo maior conforto e privacidade para o ambiente em que for instalado.

Também pode ser referido como “vidro duplo”, pois permite combinar duas camadas de vidro idênticos ou com propriedades diferentes.

Por exemplo: Pode-se utilizar camada laminada e temperada em um mesmo vidro com proteção solar e acústica.

A grande vantagem do consumidor é:

Poder “mixar” as camadas de vidro ou até mesmo texturas, podendo combinar entre si ou individualmente.

São muito comuns em estúdios, janelas, ambientes comerciais e corporativos.

Conclusão sobre tipos de vidro para janelas

Acreditamos que o ideal é optar por tipos de vidros para janelas que ofereçam maior conforto e segurança para você.

Isso porque cada tipo de vidro possui sua dimensão e técnica de instalação para que tenha um bom resultado!

Aproveite para saber também os cuidados com a janela de vidro!

Fique atento com a qualidade do vidro que está comprando, esse é um dos maiores erros de muitos consumidores que optam por valores baixos e se esquecem de prezar pela qualidade do produto.

Consulte um arquiteto ou um instalador sobre todos os cuidados a serem tomados durante a instalação.

 

Texto: Ana Tamires

Surgiu dúvida sobre os tipos de vidro? Deixe um comentário que a nossa equipe irá te responder!

 

 

Deixe seu comentário abaixo

Envie uma resposta