Responsabilidade do Síndico: Conheça as principais

  • 0
  • 29 novembro, 2016

A responsabilidade do síndico está em um nível cada vez maior de profissionalismo e competência em uma ampla variedade de áreas. Um síndico de condomínio deve estar familiarizado com todos os sistemas mecânicos, de vigilância e técnicos de um prédio, trabalhar diplomaticamente para resolver conflitos entre os residentes, contratar prestadores de serviço e ser capaz de trabalhar como um agente de gestão. Qual é a responsabilidades do síndico no dia a dia do seu trabalho?

responsabilidade do síndico

Gestão de Pessoas é responsabilidade do síndico?

O trabalho de um síndico é um ato de equilíbrio que exige que o agente lide com os problemas logísticos do edifício sem perder de vista a sua responsabilidade com todas as pessoas que lá residem. Em outras palavras, um síndico deve ser hábil em responder perguntas e lidar com pessoas: cabe a ele mediar conflitos, administrar problemas gerados pelos moradores e elaborar o código de normas de conduta para a convenção do condomínio.

Como exemplos de conflitos entre os condôminos podemos citar: excesso de barulho fora do horário permitido, descarte de lixo em local inadequado, uso indevido da garagem, circulação de animais nas áreas comuns, desentendimentos entre os funcionários e os moradores, entre outros. Para a solução desses problemas, o síndico deve se manter imparcial na hora da mediação e se guiar pelo regulamento interno do condomínio, assim será possível resolver da melhor maneira os problemas existentes e aplicar possíveis punições.

Contratar prestadores de serviço

O síndico é o responsável ​​pela seleção e contratação de prestadores de serviço, que serão responsáveis pela manutenção, reparação, limpeza, vigilância e zeladoria do edifício. Além disso, o síndico deve supervisionar os prestadores de serviço para que realizem as suas tarefas com eficiência, além de orientá-los a seguir as regras do condomínio.

O síndico deve observar a situação financeira do condomínio e as despesas necessárias para a sua preservação e manutenção e, também, estar atento à necessidade de reformas ou melhorias visando o interesse comum.

Prestação de contas

Uma outra responsabilidade do síndico diz respeito à prestação de contas. É uma obrigação desse profissional manter as finanças em ordem e apresentar um relatório financeiro claro sobre a sua movimentação financeira que deve consistir de uma contabilidade geral demonstrando o orçamento real, assim como as contas a pagar e os valores recebidos.

Para isso, a análise de fluxo de caixa é uma ferramenta poderosa que se encontra à disposição do síndico de condomínio. Com ela, é possível visualizar quais os maiores gastos do prédio em um determinado período, permitindo ao síndico decidir com precisão quais deles devem ser reduzidos ou eliminados, dependendo da necessidade ou disponibilidade do condomínio. É importante observar que as contas do condomínio devem ser aprovadas pelos moradores uma vez por ano.

O síndico também é o responsável pela elaboração e divulgação da ata das reuniões, pelas cobranças dirigidas aos inquilinos ou proprietários e por quaisquer outros documentos relativos as operações do edifício.

Caso você seja um síndico e queira se aperfeiçoar, sugerimos os cursos do portal Sindiconet? Quer reformar o seu condomínio? A PS do vidro tem excelentes opções para você!

 

Deixe seu comentário abaixo

Envie uma resposta