9 erros cometidos pela maioria dos vidraceiros

  • 0
  • 14 agosto, 2015

Você sabe quais são principais erros cometidos por boa parte dos vidraceiros? Confira a lista que preparamos com os 9 erros mais comuns:

1. Falta de cuidados no transporte de vidros

Todos os vidraceiros sabem que o vidro, seu principal material de trabalho, é muito delicado e pode quebrar com facilidade. Mas ainda assim, o transporte inadequado é um dos erros do vidraceiro mais comuns. O vidro tem que ser transportado de forma adequada, fazendo uso de suportes para evitar a quebra do material.

2. Uso de ventosas inadequadas

As ventosas são acessórios essenciais para o manuseio de placas de vidro, mas o que acontece é que alguns vidraceiros não se atentam a capacidade máxima delas. Uma das dicas de vidraçaria mais fundamentais é sempre verificar a capacidade do acessório e, de preferência, possuir ventosas de diferentes capacidades. Na PS do Vidro, loja especializada em vidraçaria, os vidraceiros encontram opções de alta qualidade.

3. Falta de proteção durante o manuseio

Ao manusear e transportar vidros, outro dos erros comuns do vidraceiro é observado. É importante que as bordas do vidro sejam sempre protegidas por papelão para evitar que adquiram lascas ou quebrem. É uma dica de vidraçaria bastante simples, mas que pode fazer toda a diferença.

4. Uso de ferragens não apropriadas

Cada tipo de instalação requer certo tipos específicos de ferragens. Os vidraceiros que não se atentam às ferragens apropriadas podem comprometer todo o trabalho feito até então. Esse erro de vidraçaria é capaz de fazer com que o peso do vidro são seja suportado, fazendo-o ceder ou estourar quando menos se espera.

5. Trabalho feito com ferramentas de baixa qualidade

Para a boa execução do trabalho de um vidraceiro é preciso que as ferramentas utilizadas sejam de boa qualidade. O uso de ferramentas de baixa qualidade pode até comprometer o vidro, podendo danificá-lo. Encontre as melhores ferramentas para vidraçaria no site da PS do Vidro.

6. Negligência às características de cada vidro

Mesmo dominando as técnicas do trabalho com vidro, um dos erros do vidraceiro é não se atentar às especificidades de cada tipo de vidro. A instalação, por exemplo, é uma etapa que exige cuidados e ferragens especiais dependendo do vidro utilizado.

7. Falta de acessórios de proteção

A principal dica de vidraçaria para garantir a segurança dos vidraceiros é o uso dos acessórios de proteção. As luvas e botas são essenciais para que o profissional corra menos risco de se machucar caso o vidro quebre ou estoure enquanto estiver sendo manuseado.

8. Não realizar um encaixe prévio

Para evitar problemas durante a instalação de vidros é importante que o vidraceiro faça um encaixe prévio. Isso porque verificar se as ferragens realmente se encaixam com o vidro evita que a estrutura seja comprometida.

9. Não deixar um espaço de folga

Para evitar que os vidros quebrem ou estourem o vidraceiro deve se lembrar de deixar um espaço para folga, já que tanto os vidros quanto as ferragens se expandem de acordo com a variação de temperatura.

Gostou das nossas dicas? Aproveite para visitar o site da PS do Vidro, onde você encontra todos os acessórios, ferramentas e ferragens para vidraçaria que você precisa!

E-book para Vidraçarias: Como Atrair mais Clientes e Aumentar o Faturamento

Deixe seu comentário abaixo

Envie uma resposta