10 dicas de decoração com quadros para todos os ambientes

  • 0
  • 3 setembro, 2015

Todo mundo sempre tem um ou outro quadro na sala, mas o que muita gente não sabe é que eles podem se tornar itens de decoração muito mais especiais dependendo da forma como são utilizados. Personalizar os ambientes com eles é uma delícia, mas é preciso ficar atento a alguns truques. Confira:

1 – Na prateleira

Uma alternativa bem diferente, original e mais bonita do que apenas pendurar os quadros é organizá-los em prateleiras. Coloque-as acima do sofá, por exemplo, com os quadros apoiados. De madeira ou de vidro, elas precisam ser largas o suficiente apenas para eles não escorregarem. Uma dica é colar uma faixa discreta de fita adesiva na pontinha da prateleira, criando atrito para fixar os quadros. Faça quantas prateleiras quiser!

2 – Use apenas molduras

Coloque as molduras organizadas uma ao lado da outra ou espalhadas pela parede sem necessariamente criar um alinhamento. Assim é possível compor um mosaico harmonioso com molduras não idênticas, apenas parecidas, e de vários tamanhos. A dica é optar por formas semelhantes, ou seja, quadradas e retangulares ou ovaladas e redondas.

3 – Paleta básica

Um aparador de vidro ou madeira abaixo dos quadros cria uma ambiente perfeito, principalmente se você optar por uma paleta básica de cores que reflitam a cor do ambiente. Aqui a ideia não é contrastar, mas harmonizar.

4 – Vintage revisitado

Quem ama a decoração vintage sabe o charme que é encontrar quadros com aspecto envelhecido em bazares e brechós, ou descobrir guardados os quadros que enfeitaram as paredes da casa dos nossos avós. Caso você não tenha um quadro antigo, é possível fazer um visual interessante com o “deep painting”. A técnica cobre parte da obra por uma camada de cor, como se tivesse sido mergulhada em um balde com tinta até a metade, por exemplo. Criatividade pura!

5 – Aposte nas camadas e dê mais volume visual

Quadros na parede não precisam estar pendurados, mas podem estar organizados sobre um aparador. Aqui, deixe-os um pouco sobrepostos, com o menor apoiado no maior, por exemplo. Para caprichar ainda mais, misture fotos, pôsteres e pinturas. A dica é usar materiais alternados entre as molduras e o aparador, para não parecer combinado de mais. Quando o aparador for de vidro ou espelho, use molduras de madeira. Já quando ele for de madeira, alterne entre molduras coloridas, em aço inox ou espelhadas.

6 – Lembranças de família

Sabe aquele monte de fotos antigas que você tem guardadas, inclusive aquelas meio rosadas da década de 70? Pois essa é a hora perfeita para usa-las! Mas não em porta-retratos, com antigamente, mas em molduras na parede. Faça uma verdadeira galeria com lembranças gostosas da sua infância e da sua família. Quanto mais antigas as fotos, mais legal o visual. Você também pode fazer quadros de madeira de demolição e pregar neles as fotos com tachinhas.

7 – Pôsteres vintage

Eles são uma das grandes tendências e ficam super bem em salas, escritórios, quartos e cozinhas. Você pode escolher um tema – carros, refrigerantes, comerciais antigos – ou simplesmente mesclar várias temáticas diferentes, procurando um tom em comum. Eles são muito fáceis de encontrar na internet, basta comprar, encomendar e mandar emoldurar. Os pôsteres deixam a decoração com um ar de antigamente muito gostoso e aconchegante.

8 – Varal de quadros

Outra alternativa aos tradicionais preguinhos na parede é o varal. Ele pode ser feito com fio de nylon grosso o suficiente para aguentar o peso dos quadros, como é comumente utilizado em várias galerias de arte, cabo de aço fino ou até fio dental.

9 – Faça um teste

Quer saber se a disposição dos quadros vai ficar boa? Não importa o ambiente, recorte moldes de papel pardo de cada um dos quadros e cole-os com fita crepe. Assim você pode fazer diversas combinações até encontrar a ideal. Só depois pregue os quadros, evitando fazer furos desnecessários na parede.

10 – Misture elementos

O gostoso de ter um escritório em casa é poder molda-lo não só ao nosso gosto, mas também com coisas que nos dão prazer de trabalhar. Uma dica é misturar elementos diferentes na parede: emoldure uma página de livro que você gostou, as fotos daquela expedição feita há alguns anos, pendure a estátua que comprou naquela conferência e até o seu primeiro estetoscópio. A dica é equilibrar formatos e cores: deixe as mais pesadas e escuras na parte de baixo e as mais claras na parte de cima, dando leveza à composição. Objetos queridos, como bolsas e bonecas, também podem entrar nesse dinâmico mosaico de lembranças.

Gostou das ideias? Conte para a gente o que você achou aqui nos comentários!




| Produtos citados neste artigo


Deixe seu comentário abaixo

Envie uma resposta